o inferno de gabriel - book review

"O enigmático e sedutor professor Gabriel Emerson é um reputado especialista na obra de Dante. [...] Ela é linda, deliciosamente in...



"O enigmático e sedutor professor Gabriel Emerson é um reputado especialista na obra de Dante. [...] Ela é linda, deliciosamente inocente, um diamante em bruto para ele polir."
Estas são as frases que descrevem Gabriel Emerson e Julia Mitchell na sinopse de O Inferno de Gabriel. O romance de Sylvain Reynard foi um presente do meu namorado, no dia dos namorados. No entanto, com a escola no meio, os testes e tudo mais, só consegui começar a lê-lo no início das férias de verão e desde aí que o lia sempre que tinha um tempo para ele. Em relação a isso, tenho só mais uma coisa a dizer: devia tê-lo lido mais cedo.

A história de Gabriel e Julia é apresentada como uma modernização do romance dos florentinos Dante e Beatriz. Ele é um professor rígido e exigente, que esconde um passado negro de toxicodependência e aventuras com mulheres, bem como um mundo obscuro de desejos pouco convencionais. Ela é uma rapariga ingénua e pura, virgem e com uma experiência traumatizante que esconde de tudo e todos. No entanto, Emerson e Julia não se conhecem apenas no primeiro dia de aulas, como o professor julgava.

Julia Mitchell era já uma grande amiga da família de Gabriel e, dez anos antes, o homem de olhos azuis provocou uma noite complicada e algo violenta, que o levou a refugiar-se do resto da família. Quando ele se refugia, é Julia quem vai ter com ele e, nessa noite, ele leva-a a um pomar onde, para além de conversarem sobre o romance de Dante Alighieri e Beatriz Portinari, passeam de mãos dadas, trocam o seu primeiro beijo e adormecem juntos.

A verdade é que, devido a um mal entendido, na manhã seguinte os dois não se vêm, julgando assim que foram abandonados pelo outro. Enquanto Julia seguiu a sua vida com o seu Dante gravado para sempre no seu coração e sem nunca o esquecer, Gabriel perde completamente a esperança de rever a sua Beatriz e continua a seguir o caminho de trevas que já tinha iniciado.

Gravura de Gustave Doré para
  A Divina Comédia, de Dante.
Dez anos depois, o professor Emerson não reconhece a rapariga e os primeiros contactos entre ambos são bastante complicados e nada simpáticos. Segue-se um romance intenso em que, para além de terem de cair novamente nos braços um do outro, têm que lutar contra os demónios do passado de ambos. O Inferno de Gabriel é uma história de compreensão, aceitação, de luz e de trevas. É um romance que não pode ser previsto e é sem dúvida algo que apaixona qualquer leitor.

Sendo eu uma fã de romances clássicos, as constantes referências a Dante e Beatriz e a forma como Gabriel e Julia pareciam uma versão recente dos florentinos deixou-me ainda mais fascinada pelo livro. Sylvain Reynard conquista-nos a cada palavra e é verdadeiramente impossível não gostar. Na capa do livro, é referido que o mesmo tem semelhanças a As Cinquenta Sombras de Grey; eu li ambos e, para dizer a verdade, este é muito menos erótico que a história de Grey e Anastasia e foca-se mais no amor e nas adversidades provenientes do passado do professor e da aluna.

Para quem gosta de literatura clássica e de livros um pouco mais elaborados, o primeiro volume da trilogia de Reynard é sem dúvida uma boa escolha. Eu amei! Agora resta-me conseguir o segundo e terceiro volumes, embora já tenha um outro livro para ler durante as férias. Fiquem atentos ao blogue e à nossa página do facebook [AQUI], pois teremos mais novidades em breve!



You Might Also Like

0 comentários

O teu comentário é bastante importante para o crescimento do Bookaholic e para que eu saiba o que achas dos conteúdos e o que posso melhorar.

Por favor, deixa também o link do teu blogue quando fizeres um comentário, de maneira a que eu possa também visitá-lo. Não te esqueças também de preencher a opção 'Notificar-me', para que possas saber assim que eu responder.

Muito obrigada pela tua vista!