cinco dias longe de casa | personal article

Se leram o último post, ficou prometido que assim que voltasse de férias escreveria para vocês acerca da minha estadia no hotel Alambique...


Se leram o último post, ficou prometido que assim que voltasse de férias escreveria para vocês acerca da minha estadia no hotel Alambique de Ouro, no Fundão. É exatamente isso que vos trago hoje: um artigo pessoal recheado de detalhes sobre a minha estadia no hotel: como era o quarto, o que é que eu fiz e o que é que achei de tudo.

O Alambique de Ouro é um hotel resort e spa no Fundão; foram-lhe atribuídas - e muito bem atribuídas - quatro estrelas. A minha estadia foi iniciada na tarde do dia 10 de agosto e quem tem o meu snapchat pode acompanhar os quatro dias que se seguiram.

Eu sai de casa na manhã do dia 10, acordei bem cedo, terminei de preparar tudo e eram 9h30 quando saí de casa. Iniciou-se aí uma viagem longa e demorada, com paragem numa pequena terrinha de Castelo Branco - Malhada do Cervo -, a terra do meu avô paterno. Almocei por lá e aproveitei para matar saudades de alguns familiares que não via há alguns anos. Rapidamente se deu início à viagem até ao Fundão e, cerca de uma hora depois, estávamos estacionados no parque do hotel.

Check-in feito e cartão-chave nas mãos, era a hora de subir até ao 106 e arrumar as coisas que levei comigo nos armários e gavetas da suite. O quarto era amplo e espaçoso, tinha duas camas de solteiro que estavam juntas, dando a ilusão de uma cama de casal, e, à frente, uma secretária onde se situava o mini-bar e uma pequena televisão suspensa.

Seguia-se então a zona que tinha uma sala de estar, separada pelo quarto por uma porta de vidro e uma cortina, com um sofá-cama e dois sofás individuais, bem como um outro armário, de imensa arrumação, e um plasma. Atrás do armário, estava um candeeiro de pé e uma secretária, formando assim um pequeno escritório.

O quarto pecava na vista, sendo que nunca desviei as cortinas da janela porque era mesmo uma vista muito feia, contrastando com toda a beleza e requinte do hotel.

A casa de banho tinha algo que eu adorei: duas das paredes - a do lavatório e da banheira - eram completamente espelhadas. Dava um ar de muito espaço e não sei, eu gostei bastante. De resto, era uma casa de banho normal, como todas as outras.

Depois de ter tudo arrumado, fomos fazer algumas compras para ter sumos e bolachas no mini-bar e, depois, fomos à Worten onde comprámos o meu novo computador - um Acer Aspire E 14. Talvez vos fale dele depois, quando tiver uma opinião mais estruturada e quando o aparelho tiver mais uso.

Sendo que já era um pouco tarde quando regressámos ao quarto, eu optei por já não ir à piscina nesse dia. Ao final do dia, de duche tomado e roupa vestida, fui jantar e, depois disso, tentar jogar uma partida de snooker.

Esse primeiro dia rapidamente se passou e os dias seguintes foram todos uns iguais aos outros: acordar cedo e ir tomar o pequeno-almoço, que funcionava tipo buffet, mas fechava às 10h30, regressar ao quarto para ir buscar a mala e depois ir para a piscina. Apanhava sol, lia o thriller de Paula Hawkins - falarei dele em breve -, dava uns mergulhos e voltava para apanhar sol. Geralmente, almoçava no bar da piscina e depois regressava ao quarto para uns minutos de sombra e para recarregar a bateria do meu telemóvel.

Sobre o hotel, tenho apenas a dizer que o preço compensa toda a qualidade que temos. As piscinas são fantásticas, embora não tivesse apanhado dias de calor suficiente para entrar na água sem dificuldades; o atendimento em todos os serviços é muito bom, todas as pessoas são simpáticas e tem tudo uma qualidade ótima.

O hotel, para além dos vários quartos, dispõe de duas piscinas exteriores, uma piscina interior, sauna, jacuzzi, sala de banho turco, ginásio, pequeno-almoço buffet, restaurante, sala de snooker, um bar exterior - que fica no interior de uma das piscinas -, um quiosque - eles chamaram-lhe de quiosque - de venda de hamburgueres e outros snacks rápidos e ainda de uma discoteca. 

Há 3 restaurantes na área próxima ao do hotel e, embora alguns pecassem um bocadinho nalgumas coisas, no geral, também a qualidade dos três foi bastante satisfatória.

Queria ainda dizer-vos que este post era para vir acompanhado de uma surpresa com a qual eu estava super entusiasmada, mas devido a algumas complicações pessoais tal não foi possível, portanto eu peço imensa desculpa. No entanto, assim que tiver oportunidade para tal, eu irei pôr em prática a surpresa que tenho planeada para vocês.

E vocês? Como foram as vossas férias? Ou ainda estão para ser? Por hoje é tudo, portanto deixo-vos com algumas fotos do hotel e com a promessa de que volto em breve.


   





You Might Also Like

2 comentários

  1. Parece ter sido ótimo. Que belas férias!
    R.: muito obrigada, fico feliz por concordares! Beijinho,
    neptunesecrets.blogspot.pt // facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi bom sim, tirando uma ou outra complicação mais pessoal.

      Muito obrigada pela tua visita e pelo teu comentário.

      Beijinhos.

      Eliminar

O teu comentário é bastante importante para o crescimento do Bookaholic e para que eu saiba o que achas dos conteúdos e o que posso melhorar.

Por favor, deixa também o link do teu blogue quando fizeres um comentário, de maneira a que eu possa também visitá-lo. Não te esqueças também de preencher a opção 'Notificar-me', para que possas saber assim que eu responder.

Muito obrigada pela tua vista!