ELEANOR E PARK | BOOK REVIEW

Há livros dos quais nunca ouvimos falar antes, autores que não conhecemos e que não fazíamos sequer ideia de que eram publicados. Não é que ...

Há livros dos quais nunca ouvimos falar antes, autores que não conhecemos e que não fazíamos sequer ideia de que eram publicados. Não é que seja algo estranho, porque vão sempre haver livros cuja existência desconhecíamos e a verdade é que isso é algo fantástico porque deixa-nos uma infinidade de pequenos mundos para descobrir e conhecer. O problema disso é, na minha opinião, que livros fantásticos como Eleanor & Park ficam por descobrir.


Tendo como protagonistas uma ruiva e um asiático, Eleanor & Park conta-nos a forma como o seu amor surge, pouco a pouco. Eleanor é a rapariga nova na escola; é estranha e a sua vida familiar é um autêntico caos. É ruiva e a sua forma estranha e única de vestir atrai a atenção de quem a rodeia, ainda que não seja pelos melhores motivos. Park, por sua vez, é um rapaz asiático que, embora tenha amigos populares, não o é propriamente. Vestido sempre de preto e maioritariamente isolado nos seus fones, o asiático conseguiu tornar-se invisível.

Tudo muda no primeiro dia de aulas, quando Eleanor se senta no lugar vazio ao lado de Park no autocarro. Unidos pelas bandas desenhas do rapaz, que ela lia, inicialmente, à espreitadela por cima do ombro, uma amizade começa a surgir entre os dois, bem como a cumplicidade e confiança.

Este é um livro que nos mostra como duas pessoas completamente diferentes podem, de facto, completar-se, por mais clichê que tal coisa possa soar. Vocês sabem, eu sou muito clichê. No entanto, acaba também por ser bastante realista ao demonstrar que nem todos os amores, por mais intensos e verdadeiros que sejam, têm um final feliz.

A história de Eleanor & Park é uma história que vos recomendo com todas as minhas forças, uma vez que une o previsível ao imprevisível, criando uma bonita história de amor a que facilmente nos prendemos. Rainbow Rowell consegue transmitir aos leitores que todos nós temos uma história e que essa história não nos impede de ser amados, ainda assim também nos mostra que nem sempre o universo conspira a nosso favor, mas que não é isso que enfraquece o sentimento.

You Might Also Like

6 comentários

  1. ohn :') Mas não fiques triste querida! Sentir saudades é bom <3

    Não conhecia o livro mas pela tua crítica, parece ser ótimo!!! Tenho saudades de ler livros do género!

    NEW DIY POST | Chanel Espardilles.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que não! É uma saudade boa! <3

      É, realmente, um ótimo livro, principalmente porque os dois personagens principais fogem muito aquilo que chamamos uma Mary Sue - aquelas personagens demasiado perfeitas que sabemos que não são, de maneira nenhuma, reais.

      Um beijinho e muito obrigada pela tua visita Miguel!

      Eliminar
  2. Antes de ler este livro, li o Fangirl. Adorei o estilo da escritora e a história cativou-me. Li este e fiquei um pouco... não sei como dizer... não foi desiludida, mas é uma história triste. Agora estou a ler o Anexos. Recomendo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conheço nenhum dos dois - nem sequer tinha ouvido falar da autora antes, aliás, mas a verdade é que também gostei muito do estilo dela e da maneira como escreve. Quanto à história, sim, é inegável que é uma história algo triste. Vou fazer uma pesquisa sobre esses dois, estou mesmo a precisar de novas leituras!

      Um beijinho,
      Beatriz.

      Eliminar
    2. Depois se leres quero ver a tua opinião. Gostei imeeeeenso do Fangirl :)

      Um beijinho.

      Eliminar
    3. E eu terei todo o gosto em partilhá-la!

      Um beijinho.

      Eliminar

O teu comentário é bastante importante para o crescimento do Bookaholic e para que eu saiba o que achas dos conteúdos e o que posso melhorar.

Por favor, deixa também o link do teu blogue quando fizeres um comentário, de maneira a que eu possa também visitá-lo. Não te esqueças também de preencher a opção 'Notificar-me', para que possas saber assim que eu responder.

Muito obrigada pela tua vista!