MOONLIGHT | MOVIE REVIEW

Vencedor do Óscar de melhor ator coadjuvante, de melhor roteiro adaptado e de melhor filme, Moonlight  não é só a primeira longa-metragem L...

Vencedor do Óscar de melhor ator coadjuvante, de melhor roteiro adaptado e de melhor filme, Moonlight não é só a primeira longa-metragem LGBT a ganhar o Óscar de Melhor Filme, como também o primeiro vencedor com um elenco completamente negro. É ainda marcado por Joi McMillon, a editora do filme, que se tornou a primeira mulher negra nomeada para um Óscar de edição e por Mahersala Ali, que se tornou o primeiro ator muçulmano a arrecadar este que é um dos, se não o, prémios mais importantes da sétima arte.


O filme, baseado na obra semi-autobiográfica In Moonlight Black Boys Look Blue, de Tarell Alvin McCraney, divide-se em três partes, acompanhando assim o crescimento de Chiron - representado por Alex Hibbert na primeira parte, referente à sua infância; por Ashton Sanders na segunda parte, a sua adolescência e por Trevante Rhodes na terceira e última parte, que representava a sua idade adulta. 

Moonlight retrata as partes mais importantes da vida de Chiron, dividindo-as pelas alcunhas através das quais se referiam ao protagonista - primeiro por Little, depois por Chiron e, por fim, por Black. O filme explora assim as dificuldades que o protagonista enfrenta em relação à sua identidade, sexualidade e até mesmo ao abuso físico e psicológico que sofre, justamente por causa dos dois primeiros tópicos. 



i. Little 
Esta é a primeira parte do filme e acompanha a infância de Chiron. É aqui que ele conhece Juan, um traficante de drogas que o encontra após ele se esconder numa casa abandonada para se proteger de um grupo de bullies. Após passar uma noite na casa de Juan, Little começa a passar mais tempo com o traficante e a sua namorada, Theresa, em detrimento da sua mãe, Paula, que é emocionalmente abusiva. 

"What's a faggot?"
"A faggot is a word used to make gay people feel bad."
"Am I faggot?"
"No. You're not a faggot. You can be gay, but you don't have to let nobody call you a faggot." 



ii. Chiron 
Na sua adolescência, a vida de Chiron pode facilmente ser dividida em duas partes: evitar Terrel, um colega de turma que o maltrata frequentemente, e passar tempo com Theresa. A par disso, o protagonista têm ainda que lidar com a sua mãe, uma viciada em crack que se prostitui para sustentar o vício e que pressiona o adolescente a dar-lhe o dinheiro que Theresa lhe dá.

É nesta fase da sua vida que tem a sua primeira experiência homossexual, com o amigo de infância Kevin. Contudo, no dia seguinte, pressionado por Terrel, Kevin vira-se contra o melhor amigo. Esse é um acontecimento que acaba por marcar irreversivelmente a vida de Chiron que, num ato de desespero e raiva, parte uma cadeira nas costas de Terrel e acaba por ser preso. 

"What you cry about?"
"I should have cried too much sometimes I feel like I'm just gonna turn into drops."
"Just roll out into the water, right? Roll out into the water just like all these other motherfuckers around here trying to drown their sorrow."



iii. Black 
Chiron, ou Black, cresceu para se tornar um traficante de drogas em Atlanta. Continuando a receber chamadas constantes da sua mãe, desta vez para a ir visitar ao centro de reabilitação onde agora vive, o que surpreende o protagonista é quando, certa noite, recebe uma chamada de Kevin. A chamada do seu melhor amigo de infância vem acompanhada não só de um pedido para que Chiron o visite, mas também de memórias e sentimentos da adolescência. 

Black visita a sua mãe, resolvendo os conflitos que existiam na sua relação, e acaba por, mais tarde, aceder também ao pedido de Kevin, indo visitá-lo a Miami. Os dois têm então uma conversa profunda e honesta acerca das suas vidas e do momento íntimo que partilharam no passado. 

"You the only man that's ever touched me. You're the only one. I haven't really touched anyone since." 

Moonlight é, sem dúvida alguma, um digno vencedor do Óscar de Melhor Filme! Com uma história complexa à sua maneira, o filme envolve-nos de uma maneira inexplicável, prendendo-nos ao ecrã do início ao fim. A história, para além de real, é cativante e emocionante, fazendo-nos refletir. Definitivamente, um filme que vale a pena ver e que merece todo o reconhecimento que possa ter! 

Tocando temas como a homossexualidade, o tráfico de drogas e até mesmo as esperanças para o futuro quando se é negro, Moonlight é, e ainda bem que é!, uma chapada de luva branca para todo e qualquer ser humano que seja homofóbico e/ou racista. Um filme que toda a gente devia ver e que vai, de certeza, superar as vossas expectativas! 

You Might Also Like

4 comentários

  1. Eu nunca vi mas está na minha lista de próximos filmes a ver!

    Beijinhos
    That Girl | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está tão, tão bom! Vê!! Obrigada pela visita e pelo comentário!

      Um beijinho!

      Eliminar
  2. Escreves muito bem, mas não sei porque é que usaste o termo "negro" em vez de "preto". Acho que o que utilizas-te tem uma conotação negativa e se foi para soar mais profissional não resultou muito bem. Dizer que alguém é preto não é um insulto. De qualquer das maneiras, sou branca por isso não posso confirmar ou desmentir isso uma vez que nem é o meu dever fazê-lo. Mas parabéns com o blog, continua.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em primeiro lugar, quero dizer-te que fico muito grata pelo teu comentário. O uso do termo "negro" em vez de "preto" é simplesmente uma escolha de palavras e de ver aquilo que me soava melhor e não, de maneira alguma, para atribuir conotação negativa à palavra. Muito obrigada por me chamares à atenção em relação a isso, tho.

      Obrigada também pela tua visita e pelo teu comentário! Irei continuar!

      Eliminar

O teu comentário é bastante importante para o crescimento do Bookaholic e para que eu saiba o que achas dos conteúdos e o que posso melhorar.

Por favor, deixa também o link do teu blogue quando fizeres um comentário, de maneira a que eu possa também visitá-lo. Não te esqueças também de preencher a opção 'Notificar-me', para que possas saber assim que eu responder.

Muito obrigada pela tua vista!