ACMA | O NATAL PELO MUNDO

Ainda que com alguns dias de atraso, bem vindos ao mês de dezembro! Dezembro é sinónimo de último mês do ano, de Natal, de ano novo, de cele...

Ainda que com alguns dias de atraso, bem vindos ao mês de dezembro! Dezembro é sinónimo de último mês do ano, de Natal, de ano novo, de celebração, presentes e festa. Além disso, e sendo um novo mês, é também sinónimo de ACMA. E, este mês, aqui pelo Bookaholic, ACMA é sinónimo de tradições de Natal!

Mas Bia, já toda a gente sabe que comemos bacalhau, vemos o Sozinho em Casa que estiver a passar na televisão e à meia noite abrimos os presentes, dizem vocês. E dizem bem, já todos os portugueses conhecem bem as tradições natalícias do nosso país, que nos foram passadas de geração em geração. É por isso que, hoje, é dia de falar de como se celebra esta quadra pelo mundo e não apenas aqui no nosso país ou naqueles cujas tradições são semelhantes às nossas. Vamos embarcar numa viagem pelo mundo?



ACMA | O Natal pelo Mundo 




1. Austrália
Ao contrário do que acontece connosco, no Natal é verão na Austrália. É por isso que lá esta quadra é festejada com os pés na areia e o sol a brilhar! Durante esta época, acontecem vários festivais, todos eles de entrada gratuita, e, nalguns dias, o Pai Natal aparece para alegrar miúdos e graúdos, vindo, muitas vezes, com a prancha de surf de baixo do braço. Ao contrário de nós, que celebramos a véspera de Natal, para os australianos o Natal é só mesmo no dia 25 - dia onde reúnem a família e amigos e abrem os presentes. O menu de Natal da Austrália inclui carne assada, frutos do mar, fruta e pudim para a sobremesa. Dia 26, que ainda é feriado, é o boxing day, um dia especial de liquidações em que os centros comerciais se enchem.



2. México
No México, as celebrações natalícias começam a 12 de dezembro e só terminam a 6 de janeiro. Uma das tradições mexicanas tem início a 16 de dezembro e termina só na véspera do dia de Natal - durante estes nove dias, crianças fazem as Posadas: procissões em que os mais novos batem às portas, recriando a viagem de José e Maria na busca de abrigo. Até ao dia 24, cada vez que batem a uma porta, a resposta que obtém é que não há espaço e que, portanto, não os podem acolher; no dia 24, contudo, as crianças são recebidas para uma celebração que incluí orações, comida, fogo de artifício e, como não podia deixar de ser, pinhatas.



3. Irlanda
Desde pequeninos que aprendemos que o Pai Natal gosta de um pratinho de bolachas e um copo de leite quente quando desce a chaminé para nos deixar os presentes, contudo, bolachas e copos de leite é muito simples para o Pai Natal irlandês. Na Irlanda, a tradição é deixar ao velhote das barbas brancas mince pies - umas pequenas tartes recheadas de frutas secas e especiarias - e, adivinhem só, uma garrafa de Guinness.



4. Grécia
Na Grécia, as crianças saem à rua, cantando cânticos de Natal e tocando triângulo ou tambores; geralmente, levam com eles pequenos barcos-modelo, pintados de dourado. Se a sua atuação for boa, são recompensados com nozes ou até mesmo dinheiro. Uma outra diferença entre o Natal grego e o nosso, é que estes não decoram as casas com árvores, meias e luzes; ao invés disso, os gregos têm uma taça de madeira, rasa, com um pedaço de arame suspenso por cima. Nesse pedaço de arame está uma cruz, enrolada em majericão, que todos os dias é mergulhada em água benta e salpicada pela casa, num ritual que pretende manter afastado o Killantzaroi - um espírito maligno.



5. Suécia
Na Suécia, o Natal é uma comemoração muito importante, embora não tanto pelo significado religioso, mas sim pela tradição cultural. Na cidade de Glave, já há 50 anos que é construída uma cabra com 13 metros de altura e todos os anos a população tenta incendiá-la - objetivo que já foi cumprido 26 vezes. Além disso, e à semelhança do que fazem os alemães, os suecos são apreciadores de vinho quente no Natal. O Glögg é uma bebida feita a partir de vinho, casca de laranja, açúcar e especiarias e os suecos costumam acompanhá-la com passas e amêndoas.


Mais a baixo, como é normal, têm todas as informações sobre o que é o ACMA e como se podem juntar a este projeto que é tão, tão bom. Para terminar este post, e uma vez que não sei se ainda irei atualizar antes disso, quero desejar-vos a todos um Feliz Natal, que seja recheado de coisas boas e que seja, acima de tudo, uma época de união entre a família e de muito amor. Aproveito já para vos desejar um ótimo ano e que 2017 vos traga todas as coisas boas que ficaram em falta em 2016.

Que seja um ano fantástico e que nós estejamos aqui para o ver!


Sobre o projeto A Cultura Mora Aqui

Criado pela Ju, do blog Cor Sem Fim, o projeto A Cultura Mora Aqui - ACMA para abreviar - tenciona, tal como já referi no post de novembro, trazer a cultura de volta à blogosfera com temas mensais. Para participarem, é só enviarem um mail para corsemfim@gmail.com - aproveito para repetir que não vamos falar sobre outfits, maquilhagem, moda, etc, e que qualquer um de vocês pode participar, não sendo obrigatório fazê-lo todos os meses. 

- LISTA DE BLOGS - 


- PARTICIPANTES DESTE MÊS - 


- NOS MESES ANTERIORES... - 


You Might Also Like

10 comentários

  1. É interessante ver que apesar de ser Natal comemora-se de diferentes maneiras em tantos sítios :p

    Beijocas,
    Bom Natal *
    ANDA DAÍ!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, estamos tão habituados às nossas tradições e ver que afinal há sítios onde o Natal não se comemora desta maneira é muito interessante mesmo!

      Muito obrigada pela tua visita e pelo teu comentário.

      Beijinhos!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Muito obrigada pela tua visita e pelo teu comentário, Inês!

      Um beijinho!

      Eliminar
  3. Muito obrigado, querida :) Fico tão mas tão feliz por isso.
    E acho que deves continuar sempre assim. Acima de tudo porque todos valemos por nós mesmos e é nisso que nos devemos focar :D

    Deve ser super estranho passar o Natal em países quentes (pelo menos para nós). É tão bom olharmos o mundo desta forma e ver a quantidade de diferenças existentes!


    NEW DECOR POST | Essential to decorate your table for Christmas.
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também penso que o Natal em países quentes deve ser estranho. Acho que o Natal é caracterizado pelo frio, pelas lareiras, pelo quentinho da família - mas, de certa forma, é também por estarmos habituados a isso. É, isso sim, fantástico descobrir as tradições noutros países e ver as diferenças.

      Muito obrigado pelo teu comentário e pela tua visita, Miguel!

      Um beijinho!

      Eliminar
  4. Este mês também aderi ao ACMA :)
    Essa tradição grega é completamente diferente, como é que eles chegaram até aí? Adoro passar Natais noutros países mas até agora só passei no Vietname, México e EUA, sendo que no Vietname não são catolicos logo não festejam, no Mexico fui de retiro e nos EUA nevou e foi mágico mas passei com uma resma de portugueses :D

    Viver a Viajar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Penso que esteja muito associado à história dos gregos, que também passa muito pelos barcos e pelo mar, e por serem um povo do Mediterrâneo, composto por várias ilhas. Acho que passar o Natal com neve deve ser verdadeiramente mágico!

      Muito obrigada pela tua visita e pelo teu comentário, Marta!

      Um beijinho.

      Eliminar
  5. Que máximo, adorei saber mais sobre o Natal nos outros países! :D
    Gostei muito do teu blog e já estou a seguir!
    Beijinho
    http://omundodajesse.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente por teres gostado! É, de facto, sempre muito bom conhecer outras culturas e outras tradições.

      Muito obrigada pela tua visita e pelo teu comentário.

      Um beijinho.

      Eliminar

O teu comentário é bastante importante para o crescimento do Bookaholic e para que eu saiba o que achas dos conteúdos e o que posso melhorar.

Por favor, deixa também o link do teu blogue quando fizeres um comentário, de maneira a que eu possa também visitá-lo. Não te esqueças também de preencher a opção 'Notificar-me', para que possas saber assim que eu responder.

Muito obrigada pela tua vista!